sábado, 5 de setembro de 2015

América empata com o Fortaleza e segue invicto na Arena das Dunas pela Série C

 

Alvirrubro é o terceiro colocado do grupo A, com 26 pontos; time potiguar volta a campo no domingo (13), diante do Cuiabá, na Arena Pantanal


 
América não conseguiu superar a defesa do Fortaleza e o jogo ficou no 0 a 0 (Foto: Wellington Rocha/PortalNoAr)
América não conseguiu superar a defesa do Fortaleza e o jogo ficou no 0 a 0 (Foto: Wellington Rocha/PortalNoAr)
O América segue invicto na Arena das Dunas pela Série C do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado (5), o Alvirrubro empatou por 0 a 0 com o Fortaleza-CE na Arena das Dunas e se mantém firme no G4 do grupo A da competição nacional. A equipe é a terceira colocada, com 25 pontos. O Tricolor do Pici é o líder, com 31.
E mesmo sem ter vencido, o time potiguar não corre o risco de perder a vaga entre os classificados nesta rodada. O quinto colocado, o Confiança-SE, tem apenas 21 pontos e não pode superar os americanos. No entanto, o ASA-AL, em quarto, pode roubar a terceira colocação dos potiguares.
Na próxima rodada, a 16ª da Terceirona, o América vai enfrentar o Cuiabá-MT, na Arena Pantanal, em Cuiabá. A partida está prevista para o domingo (13), às 16 horas (de Brasília). O Fortaleza terá pela frente o Confiança, às 19 horas, na Arena Castelão.
Equilíbrio
Apesar de jogar fora de casa, o Fortaleza criou a primeira chance do jogo. Logo no primeiro minuto, o volante Auremir avançou até a linha de fundo, cruzou rasteiro para Everton bater de primeira e mandar a bola perto do gol. A resposta do América aconteceu aos 8 minutos em finalização de longa distância de Zé Antônio Paulista. O goleiro Ricardo Berna fez boa defesa.
Aos 15 minutos, os visitantes conseguiram abrir o placar em cabeceio de Genilson, mas o árbitro viu uma falta do jogador sobre o zagueiro Cléber e anulou o lance. Pouco depois, aos 21, Lúcio Maranhão recebeu livre, driblou Pantera, mas chutou fraco e sem direção, facilitando o trabalho da defesa rubra.
Sem deixar o adversário se empolgar, o Alvirrubro fez boa jogada aos 22 minutos e quase marcou. Adriano Pardal invadiu a área, bateu cruzado, mas parou no goleiro Ricardo Berna. Em seguida, Cascata cruzou, Max desviou com o pé e a bola passou rente à trave do goleiro cearense.
Após o início frenético, os últimos minutos do primeiro tempo não tiveram lances perigosos para os dois lados e as equipes foram para o intervalo com o placar zerado.
Tudo igual
O América voltou para o segundo tempo com Nininho no lugar de Arthur Henrique e Léo Gago na vaga de Adriano Pardal. As mudanças cresceram o ímpeto americano e que buscou mais o gol no início da etapa complementar. Aos 9 minutos, Cascata cobrou escanteio e Zé Antônio Potiguar cabeceou, mas o goleiro Ricardo Berna fez grande defesa.
O Fortaleza respondeu com muito perigo. Aos 16 minutos, Maranhão foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para seu xará, Lúcio Maranhão, que bateu de primeira e mandou pela linha de fundo. Quase os visitantes abrem o placar na Arena das Dunas.
Equilibrada, a partida seguiu “lá e cá” e o América teve mais uma boa chance aos 25 minutos. Cascata fez jogada individual pela esquerda e tocou para Max, que foi bloqueado na hora do chute. Aos 33, o Tricolor do Pici tentou em jogada de Romarinho, mas a zaga rubra afastou o perigo.
Na reta final do jogo, o time americano pressionou em busca do gol. Aos 43 minutos, Thiago Potiguar foi derrubado no lado direito do ataque. Cascata alçou a bola na área, mas a zaga tricolor afastou. A partida terminou no 0 a 0.
Ficha Técnica
Local: Arena das Dunas, Natal-RN
Árbitro: Antônio Rogério Batista do Prado-SP
Cartões amarelos: Judson, Cascata (América); Corrêa, Everton (Fortaleza)
América: Pantera, Maguinho, Cléber, Zé Antônio Potiguar e Arthur Henrique (Nininho); Judson, Zé Antônio e Cascata; Max (Mateuzinho), Adriano Pardal (Léo Gago) e Thiago Potiguar. Técnico: Roberto Fernandes.
Fortaleza: Ricardo Berna, Tinga, Genílson, Adalberto e Radar; Corrêa, Auremir, Everton e Daniel Sobralense; Lúcio Maranhão (Romarinho) e Maranhão (Pio). Técnico: Marcelo Chamusca.
Fonte/NoAr

Nenhum comentário:

Postar um comentário